Strawberry World: Come away with me in the night... - Strawberry World

Ir para

Página 1 de 1
  • Novo tópico
  • Responder

Come away with me in the night... Edward & Summer love story / parte - 1

#1 Membro offline   Edward Carrol

  • Edward Anthony Carrol
  • Ícone
  • Gender:Female
  • 3953
  • Cargo:Embaixador / Ministério

Postou 05 janeiro 2010 - 03:46

Mansão Carrol
Condado de Yorkshire - 7 de agosto de 2006
Céu estrelado. 8:00 P.M. 17°C

Aquela havia sido a noite mais esperada do ano. Balões brancos e dourados estavam espalhados por todo o jardim da mansão Carrol. O lago era como um pedaço do céu, a água escura refletindo a Lua, cheia e branca, e as estrelas que se exibiam na ausência de nuvens. A música vinha de todos os cantos e o prédio, de linhas retas e severas, parecia alegre, devido à boa iluminação. Bruxos de todos os lugares do mundo e de todas as idades divertiam-se, cada um do seu jeito. Muitos lotavam a pista de dança e outros estavam sentados em divãs que foram espalhados por todo o lugar. Lady Carrol estava desesperada. Corria por todos os cantos arrumando uma coisa aqui e brigando com um elfo doméstico ali. Também tentava receber todos os convidados que chegavam com a maior simpatia possível. Isso a estava enlouquecendo. Mas tinha tempo para reclamar com Edward.

_ Você não poderia, ao menos, tentar ficar sóbrio? – disse, aflita, arrumando o cabelo grisalho e muito liso. – Se você estragar a festa do seu irmão, diga adeus à Paris. E eu estou falando sério, mocinho. – virou-se para ele apontando um indicador muito fino, com a unha pintada com um esmalte vermelho-sangue, em sua direção.

Edward sentou-se em um divã, segurando o copo de whisky de fogo quase vazio. Usava um paletó cinza-escuro aberto, por cima de uma camisa de linho creme e jeans, com um all star tradicional. Todos os convidados seguiram à risca a recomendação do convite: traje de gala. Esse foi um dos motivos de desespero de sua mãe. O copo que estava nas mãos dele, que se enchia a todo instante, era outro. Ele não se importava com isso. Regras foram feitas para serem descumpridas, esse era o seu lema. E não se importava muito com o que os outros pensavam.

_Tudo bem mamãe. Vou ficar longe de problemas. O “todoperfeitogatofilhinhodamamãeAdamCarrol” merece uma festa impecável. – levantou-se do divã para dar um beijo no rosto de uma mãe mal-humorada e saiu, caminhando sem rumo pelo jardim.

Edward nunca foi o garoto da mamãe. Do papai ele também não poderia ser . Seu pai não o viu crescer. Joseph Carrol morreu misteriosamente quando Edward tinha 4 anos e seu irmão mais novo, Adam, tinha apenas 2 anos de idade. Sua mãe, Constance, ficou muito abalada e quase desistiu de viver. Desde então passou a mimar Adam e, sabe-se lá por que, a ignorar a presença de Edward. O rapaz então cresceu, foi para Hogwarts e tornou-se um “garoto problema”. Talvez para chamar a atenção da mãe. No final ele conseguiu atenção e muitas detenções, chegando a quase ser expulso.

Seus pés o levavam para o jardim de inverno da mansão, um lugar calmo e muito bonito. Percebeu um vulto branco sentado em um dos bancos do jardim. Não a conhecia, mas desde a primeira vez que a viu, percebeu que ela era a mulher de sua vida.



Constance Carrol

Este post foi editado por Edward Carrol: 05 janeiro 2010 - 03:47

Imagem

"Sabe o que é pior? Perceber que você tinha razão." - aguarde...(muahuahua)


aaah, as férias (¬¬). fui pra búzios e como a mamãe (err.) é má, n vai me emprestar o notebook. então...até dia 21 =*
0

Página 1 de 1
  • Novo tópico
  • Responder

2 usuário(s) está(ão) lendo este tópico
0 membro(s), 2 visitante(s) e 0 membros anônimo(s)