Strawberry World: [Hogsmeade] 3 Vassouras - Strawberry World

Ir para

  • (3 Páginas)
  • +
  • 1
  • 2
  • 3
  • Novo tópico
  • Responder

[Hogsmeade] 3 Vassouras

#41 Membro offline   Luís Mordred

  • Ícone
  • Gender:Male

Postou 03 dezembro 2007 - 12:15

Luís guardou o pijama dentro do bolso rapidamente. “ Eu sabia que devia ter isso direto para casa, assim não teria acontecido isso e justamente na presença de Milena” – pensou Luís culpando-se pela situação.

- Ta! É meu sim, Milena, agora deixa eu ir para casa, que realmente já passou da hora de ir, eu acho que você também deveria ir para sua casa. – concluiu Luís.

Num piscar de olhos Luís desapareceu do três vassouras, aparatando direto para sua casa.
Imagem
0

#42 Membro offline   Milena Morelli

  • Ícone
  • Gender:Female

Postou 03 dezembro 2007 - 12:24

Milena não conseguia parar de rir um segundo se quer , quando percebeu que Luís estava muito constrangido Milena parou de rir e segurou o riso.

Quando Milena ia despedir-se de Luís ele já havia desaparecido, deixando Milena a falar sozinha.

- Tchau - falou Milena para o ventou.

Milena olhou para o céu e viu que era melhor voltar para casa, já era tarde e o clima prometia só esfriar cada vez mais.

Milena aparatou, deixando o três vassouras em direção a sua casa.

Este post foi editado por Milena Morelli: 03 dezembro 2007 - 12:25

Imagem
0

#43 Membro offline   Camille Wingert

  • Ícone
  • Gender:Female

Postou 03 dezembro 2007 - 12:39

Camille cotinuava bebendo sua cerveja e quebrava a cabeça para conseguir fazer uma manchete, nadaque ela conseguia pensar era interessante do podto de vista dela, quando ela olhou para o lado viu uma cena inusitada, um pijama de ursinhos estava no chão e Luís Mordred afirmava que o mesmo era seu.

" Era tudo o que eu precisava para fazer uma manchete perfeita, um fato extremamente inesperado " - pensou Camille já idealizando a manchete que ela iria escrever.

Como seus problemas já estava resolvidos Camille decidiu voltar para casa e durmir um bom e tranquilo sono, para no dia seguinte redigir a new e lear para a edação do Strawberry newspaper.

Este post foi editado por Camille Wingert: 03 dezembro 2007 - 12:43

Imagem
0

#44 Membro offline   Katherine Ross

  • Ícone
  • Gender:Female
  • Location:São Paulo - SP

Postou 09 fevereiro 2008 - 01:34

Mesmo que quisesse Kathie nao conseguiria andar lá fora por muito tempo, o vento era cortante e nevava muito. A jovam entao, logo entrou no 3 Vassouras, sentando-se em uma mesa vazia, logo fazendo seu pedido, uma cerveja amanteigada.

Enquanto esperava, arrumou sua capa, e contemplou por algum tempo o ambiente. A decoraçao continuava a mesma, o lugar continuava quente, e praticamente os presentes eram as mesmas pessoas que sempre frequentaram ali.

Assim que sua cerveja amanteigada chegou, a moça bebeu um gole, se perdendo em seus próprios pensamentos. Se lembrava de quando foi a primeira vez que havia estado ali, no 3 Vassouras, estava acompanhada por sua avó materna, nao se lembrava muito bem do motivo, já que a mesma sempre falava mal do lugar e a moça tinha apenas 10 ou 11 anos.
Foi ali que seus pais se conheceram, e foi ali também, que Kathie viu pela primeira vez um rato, pessoalmente. Sempre achou que aquela era a mae de Winnie, mas nunca teve muita certeza.
Desde o primeiro momento que esteve ali, mesmo antes de ver o ratinho, Kathie havia se apaixonado pelo lugar, ela o achava tao confortável, sempre se sentiu segura lá.

E aqueles pensamentos duraram horas, e a cada momento ela pedia uma nova cerveja amanteigada. Nao sabia que horas eram, mas também nao queria saber. Já havia até esquecido dos doces a seu lado.

"Queria que um deles estivessem aqui."

Nao sabia porque, nunca havia sentido falta de avó, ou seus pais, mas naquele momento, queria que alguém estivesse ali para abraçá-la. Poderia pensar em Winnie, mas, por mais especial que ela fosse, era um rato, e Kathie nunca tivera outra amiga.

Olhou pela janela, e viu que já estava escurecendo, achou melhor ir para casa antes de escurecer, já que no dia seguinte ia ter que acordar mais cedo para praticar algumas azaraçoes.

Pagou pelas cervejas e apartou, de volta para casa.
0

#45 Membro offline   Angel D'Angelys

  • Angel Manini D'Angelys
  • Ícone
  • Gender:Female
  • Location:Lunare Villagio - Itália
  • 2
  • Cargo:Ministra da Magia Italiana // Guardiã do Templo de Cronos

Postou 02 dezembro 2008 - 07:24

[Antes]

Angel saiu da escola e assim que chegou a Hogsmeade ela apenas olhou para as crianças, ainda era verão e estava fazendo calor, olhou para eles sorriu e os quatro foram para um bar ali perto, o famoso 3 vassoras. Assim que entraram Angel viu a velha madame Rosmenta que ainda continuava jovem como sempre lhe comprimentou rapidamente lhe pedindo 4 cervejas amantegadas e uma refeição dediciosa para eles, pois estavam morrendo de fome. Minutos depois chegou a comida e a Cerveja e naquele momento eles devoraram conversando sobre varias coisas e sobre a manha agitada que tiveram. Olhando para os garotos.

Bom parece que mesmo depois de tudo vocês não vão se separar mesmo né? - falou sorrindo para eles. - Bom curtiram o dia? - perguntou ainda mais olhando para as sacolas de compras cheias de coisas. Selene e Syaoran estavam contentes, mas parecia que Pandora estavam meio que seria. - O que foi querida? o que ouve? - pergunto ela calmamente.
Imagem
Imagem
[Contos D'Angelys] ["Chiaro di Luna"] [Vivere la vita]
Nyo... quero a minha cama..... -.-'', by mim...

Imagem

Eu, Angel, Declaro que tenho fetiches por Servos e uma suuuuper quedinha pelo João
0

#46 Membro offline   Pandora Aligrethi

  • Pandora ALigrethi
  • Ícone
  • Gender:Female
  • 82
  • Cargo:Grifinória 6° Ano / Hogwarts

Postou 02 dezembro 2008 - 07:31

Pandora estava mais calada do que de costume, andava estranha, na verdade era culpa do nascimento do irmão Apollo .... hunf...para que um irmão? para tirar o carinho de seus pais? para chamar Luan de pai, coisa que ela nunca pode?
As coisas estavam confusas demais dentro de Pandora, estava feliz por ir para a Grifnória, pelo menos assim estaria perto de Say, sim a presença dele acalmava o coração confuso da morena, mas feria também, pelo carinho demasiado dele com Selene.
A raiva que sentia da mãe, por ela não a ter desejado, por ela e o pai nunca terem se amado, por ela ser uma estilistab fútil, e por ela ter um bebe, tudo girava na cabeça da menina, que buscava na Madrinha a paz que precisava

Agora estavam no tres vassouras, lugar cheio de histórias, e o qual sempre quis conhecer, mas estava com o oração apertado e a cabeça confusa, estava calada desde Hogwarts, mas Angel lhe chamou

- humm Madrinha! err.... achei que teria tempo, mas vejo que ficaremos aqui já....e bom... eu não quero mais voltar para a Aligrethi's , não tem espaço pra mim mais, posso morar com a senhora?
0

#47 Membro offline   Angel D'Angelys

  • Angel Manini D'Angelys
  • Ícone
  • Gender:Female
  • Location:Lunare Villagio - Itália
  • 2
  • Cargo:Ministra da Magia Italiana // Guardiã do Templo de Cronos

Postou 03 dezembro 2008 - 10:54

ANgel ouvia as palavras da Afilhada e saiba que não poderia ajuda-la muito. Uma coisa ela ser criança e sempre correr para ela nos momentos dificeis, outro é fazer ela ser quase uma adulta no mundo bruxo e correr para ela. Ela olhou para Pandora e viu o quanto a menina estava querendo algum conforto, mas daquela vez não poderia ajuda-la, mas sim lhe dizer o que era preciso.

Minha querida. O que me pede e uma coisa que não posso ajudar, mas posso lhe dar o apoio que tanto necessita. Quanto era uma criança poderia ir quando deseja-se a minha casa e ficar lá o quanto quissesse ate se acalmar. Mas Agora como uma quase adulta e estudando em Hogwarts, você deve passar pelo menos duas semanas em sua casa ate que possa ir para a minha. Deve ir para a casa de sua mãe nem que seja para somente dormir. O laço entre a familia e o jovem bruxo somente se quebra quando ele completa maior idade que é 17 anos, ate lá Pan você deve ficar na casa de sua mãe, ou na companhia dela nem que seja por duas semanas dormindo lá e ficando durante o dia com a gente. - falou ela calmamente para ela.

Agora ela voltara a falar de uma coisa que havia dito para Pandora a alguns meses atras antes do crescimento instantaneo deles e também antes de tudo isso acontecer.

So uma coisa, quando era pequena antes de tudo acontecer eu lhe disse o quanto sua mãe lhe amava, e se não te amasse ela teria lhe abortado, mas ela quis ficar com você, ver você crescer. Entenda que mesmo com o nascimento do pequeno Apollo você ainda é a princesinha deles. Tanto Alexia quanto Luan lhe ama como pai, porque acha que Luan pedia para chama-lo de PAPA? por que ele queria ser como um pai para você. - ela ainda dizia as palavras que vinha a mente, era uma conversa um quanto longa, mas esclarecedora. - Por isso deve entender que tanto eles quanto nos que estamos aqui lhe amamos e sempre tera nosso apoio, o pequeno so veio para que você pudesse dar uma de irmã mais velha e ajudar sua mãe. - falou sorrindo nessa ultima frase. Selene e Syaoran somente ouviam sem falar nada, somente queriam dar um apoio silencioso.
Imagem
Imagem
[Contos D'Angelys] ["Chiaro di Luna"] [Vivere la vita]
Nyo... quero a minha cama..... -.-'', by mim...

Imagem

Eu, Angel, Declaro que tenho fetiches por Servos e uma suuuuper quedinha pelo João
0

#48 Membro offline   Pandora Aligrethi

  • Pandora ALigrethi
  • Ícone
  • Gender:Female
  • 82
  • Cargo:Grifinória 6° Ano / Hogwarts

Postou 03 dezembro 2008 - 01:57

O chão desapareceu sob os pés de Pandora, e o um mal estar se abateu na menina, a negativa de Angel, acabara com suas esperanças, a angustia no peito da pequena era gramnde com a rejeição

- não pedi para pasar os dias com você e sim para ser minha tutora, no lugar da miinha mãe, mas me enganei... assim como com ela e Luan, papa, foi a forma parecida que eu achei para chamá-lo de pai, já que ele nunca deixou...e ela me escondeu sobre meu pai, e pior ela não me queria, é diferente eu não sou o Apollo o filho perfeito do casamento perfeito, eu não vou pra lá... se nãoposso ficar com você...que seja eu me viro, nem que tenha que ir para somerset.

0

#49 Membro offline   Angel D'Angelys

  • Angel Manini D'Angelys
  • Ícone
  • Gender:Female
  • Location:Lunare Villagio - Itália
  • 2
  • Cargo:Ministra da Magia Italiana // Guardiã do Templo de Cronos

Postou 03 dezembro 2008 - 04:34

Aquela menina tinha um genio forte e Angel sabia muito bem disso, não era a toa que ela era uma das unicas pessoas que sabiam lhe dar com Pandora, e ela não tinha puxado isso de Alexia, e nem de Duncan que era lento demais. Ela ouvia as palavras da menina e parecia que ela alem de confusa nunca deve ter entendido o que ela era para Pandora.

Pandora Aligrethi isso já não pega comigo. Preste muita atenção no que vou lhe falar agora. - sim ela tinha falado o nome de Pandora completo, o que quase não fazia sempre a chamando de pequena ou querida. - Você diz isso por que não entende, Luan não queria tomar o lugar de seu pai, achando como sua mãe que ele ainda esta vivo, mas não queria lhe ver. Quando você nasceu foi a maior alegria de Alexia nunca tinha visto tão feliz na vida, nem com Apollo ela ficou assim. - aquilo era uma meia verdade, ela tinha acompanhado a gravidez de Alexia. - Pandora significa aquela que guarda a esperança e para Alexia você e a esperança dela, pois sem você Alex jamais seria o que é hoje, uma mulher centrada e mais carinhosa. Você e a alegria e a esperança dela. Entenda isso. - falou olhando para ela.

Syaoran e Selene so escultavam a conversa não queriam se meter, parecia que se metesse o bedelho iriam pior ou deixar Pandora nervosa. Angel olhou para a menina e falou dessa vez mais calmamente.

Entenda que apartir do momento que me tornei sua madrinha, ja sou sua tutora e sempre serei ate quando os deuses me deixarem na Terra. Sempre cuidarei de você não importa o que aconteça, mas deve entender que tem que passar pelo menos duas semanas com sua mãe, nem que seja para dormir lá, depois pode ficar comigo no chateau, sempre tera seu quarto lá. Como sempre teve esses anos todos. - ela falava como antes, um jeito mais sereno e calmo de sempre. - Entenda, ate mesmo eu tive que ficar em casa duas semanas antes de sair e viajar, e uma regra em Hogwarts, para que a magia dos pais passe aos poucos para os filhos. Isso também ira acontecer com Selene e Syaoran, eles teriam que ficar no chateau antes de irem viajar ou qualquer outra coisas nas ferias. - falou ela calmante. Selene e Syaoran acenaram a cabeça afirmando que isso era realmente verdade. - Entendeu agora o por que disse aquilo? Voce não precisa passar o dia com ela, pode ficar no chateau, mas deve pelo menos dormir lá durante esse tempo, depois pode ficar comigo que não me importarei, sempre sera bem vinda para ficar ali. Mas quando completar maior idade podera decidir o que deseja para ti, mas ate lá deve obdecer aquele que lhe criaram. - falou olhando para a menina, o que dizia era verdade.
Imagem
Imagem
[Contos D'Angelys] ["Chiaro di Luna"] [Vivere la vita]
Nyo... quero a minha cama..... -.-'', by mim...

Imagem

Eu, Angel, Declaro que tenho fetiches por Servos e uma suuuuper quedinha pelo João
0

#50 Membro offline   Pandora Aligrethi

  • Pandora ALigrethi
  • Ícone
  • Gender:Female
  • 82
  • Cargo:Grifinória 6° Ano / Hogwarts

Postou 03 dezembro 2008 - 04:53

Pandora tinha um bolo na garganta, uma vontade de chorar, mas isso era raro, ela quase não demosntrava choro, o unico sentimento que não conseguia simplesmente ignorar era a raiva, como agora.

- Vê madrinha... ela nem se preocupou em procurar meu pai, para tentar me reaproximar dele, eu já tinha 9 anos, quando você descobriu que ele havia morrido, ela nunca me disse nada sobre ele, o que sei é que eram amigos e eu sou fruto de um porre... nunca tive direito a um pai, nunca tive direito a saber como era a minha familia, alias descobri bem tarde que eu tinha tio.... e durante a gravidez do Apollo, ela parecia sempre mais longe distante de mim, sempre aos cantos com Luan, falando em como seria aquele bebê idiota.... Se todo esse amor existe porque ela não tá aqui, quando eu finalmente vou pra escola que vocês estudaram? Porque ela não participa da minha vida? Ela só se preocupa consigo mesma, nem sabe se eu gosto de alguém .... posso ser a esperança dela, mas ela não sabe o que fazer com isso, não se importa.... darei um jeito, arrumarei um emprego alguma coisa que me mantenha longe de casa a maior patte do tempo.... somos muito diferebntes, não sou tonta e passiva como ela, e nem sei se puxei o genio do Duncam.... pois ninguém diz nada dele.
0

#51 Membro offline   Angel D'Angelys

  • Angel Manini D'Angelys
  • Ícone
  • Gender:Female
  • Location:Lunare Villagio - Itália
  • 2
  • Cargo:Ministra da Magia Italiana // Guardiã do Templo de Cronos

Postou 04 dezembro 2008 - 12:32

Angel já não sabia mais o que dizer a menina estava realmente com raiva, isso era normal, pois ela era uma criança que virou adolecente em 7 dias, e isso não ajuda muito ainda mais quando não tinha ninguem por perto alem de outras duas crianças que viraram adolecentes e tres centauros que mesmo sabios não entendiam uma adolencente em crise. Angel ainda observa Pandora e ouvia suas palavras, palavras de uma menina confusa. Olhando para ela.

Pan, tente entender oque irei lhe falar agora, e se for ficar com raiva fique com raiva de mim, eu acima de tudo escondi esse fato de todos. Vou lhe contar o que realmente aconteceu a quase 9 anos atras. - falou Angel observando a menina.

Sentada em um sofa da sala intima do 3 Vassouras que tinha pedido a Madame Rosmenta, ela sentou ao lado da menina fazendo com que Selene e Syaoran sentassem em outro lugar. Ela respirou fundo e finalmente começara a falar.

Quando Duncan soube da noticia da gravidez de Alexia ambos conversaram e junto com Fabrizio, que por sinal nunca o tinha visto tão nervoso na época, eles decidiram que você nasceria e que Duncan estaria sempre presente mesmo que não estivesse com a Alexia. Naquela epoca eu estava ainda no templo terminando meus afazeres, no dia do meu aniversário de 21 anos, foi que realmente começou tudo.... - assim ela começou a conta o que sabia e o que tinha visto.

Falou da conversa entre eles, falou do carinho de Duncan ao saber da gravidez mesmo que não mostra-se, contou sobre o desejo de Alexia sobre a criança e como sonhava com a menina e como ela seria, e no final veio como ela desejava, de cabelo pretos como o pai, e o sorriso de Alexia. Falou rapidamente do encontro entre Luan e Alexia, no qual não havia presenciado e também de como virou madrinha dela. Da festa no qual Syaoran virara seu afilhado e nos 7 anos seguintes. Angel contava tudo o que sabia e tinha visto. Quando o relato chegou ao fim ja era noite do lado de fora do local.

Nesse meio tempo descobri as peça de faltavam. Do desaparecimento de Duncan e o jeito no qual Alexia falava dele. seu pai havia morrido tres dias depois da conversa entre eles, pelas mão de um Sith que também acabou morto por outra pessoa. Duncan era um bom homem, mas meio lesado as vezes. A confirmação somente veio quando uma osada foi encontrada em um lugar proximo a floresta, por um dos animais e me avisaram, quando os exames foram feitos descobrimos o que havia acontecido com ele. Conversei com os animais e descobrir que uma luta dificil havia sido travada, e que Duncan e o Sith foram mortos por outro homem, que ainda não sabemos quem é. - na verdade ela sabia muito bem quem era a pessoa. - QUando falei com Alexia ela descobriu o motivo dele desaparecer, ela tentou lhe falar, mas como seu genio é forte demais, sua mãe não conseguiu lhe dizer tudo o que desejava e exclarecer as coisas com você. Um dia converse com sua mãe, pois somente ela pode lhe dizer o que ouve nessa conversa. - falou calmamente.

Naquele momento ela tinha que falar algo a mais sobre tudo isso, e tinha que esclarecer pelo menos o que sabia. Deixar mente de pandora mais leve. Falar da Familia de Alexia não era uma coisa muito simples, era mais complicado do que imaginava.

Quanto ao motivo dela ter escondido sobre a familia e por que seu Avô, havia renegado sua mãe como filha quando a mesma queria ser estilista, Por causa disso Alexia não se opos e afastou completamente da familia, imaginando que para ela todos estavam mortos. Mas desda morte do seu avó, no qual eu aconselhei a Alexia não levar você e nem ela ir. A familia Aligrethi tem voltando com calma ao normal. Por isso que somente agora soube que tinha mais familiares. Para proteger você, pois seu avô alem de renegar Alexia também tinha renegado a ti, e para não sofrer ela cortou finalmente os últimos laços para que você vivesse em paz sem a influencia de seu avô ou de qualquer familar que tivesse. - falou olhando para a menina e segurando sua mão. - Seu avô a queria morta tanto sua mãe quanto você por isso Alexia estava sobre os cuidados de minha familia todos esses anos e tem morado na Villa enquanto o resto da familia foi morar em Somerset, para que seu avô não a machuca-se ou tentasse fazer algo de ruim a você. - aquilo era verdade, a familia Aligrethi sempre fora uma familia gentil e de bons homens, mas sempre havia uma maçã podre para atrapalhar. - Entende agora o motivo de sua mãe não ter revelado sobre nada disso? - perguntou olhando para a menina.
Imagem
Imagem
[Contos D'Angelys] ["Chiaro di Luna"] [Vivere la vita]
Nyo... quero a minha cama..... -.-'', by mim...

Imagem

Eu, Angel, Declaro que tenho fetiches por Servos e uma suuuuper quedinha pelo João
0

#52 Membro offline   Pandora Aligrethi

  • Pandora ALigrethi
  • Ícone
  • Gender:Female
  • 82
  • Cargo:Grifinória 6° Ano / Hogwarts

Postou 04 dezembro 2008 - 11:33

Pandora ouvia a tudo em silêncio, mas atenta a cada palavra da madrinha, ainda que não mostrasse reações, aquilo não aplacava a dor dela.
Ela respirou fundo antes de falar

- nada disso diminui minha raiva madrinha.... eu tinha ao menos o direito de saber .... quem sabe um dia, quando ela tiver temponós duas possamos conversar, até lá darei um jeito
0

#53 Membro offline   Angel D'Angelys

  • Angel Manini D'Angelys
  • Ícone
  • Gender:Female
  • Location:Lunare Villagio - Itália
  • 2
  • Cargo:Ministra da Magia Italiana // Guardiã do Templo de Cronos

Postou 05 dezembro 2008 - 08:46

Angel entendia o que ela sentia, e entendia o que poderia esta acontecendo em sua mente, não precisava da fraca Legilimencia que tinha para saber disso, somente de olhar para ela e também ver em seus olhos, era capaz de enchergar isso. Mas naquele momento não poderiam continuar, estava tarde, eles deveriam voltar ao Magical, e amanha partiriam para Hogmeade definitivamente, Seria mais facil ficar ali e seguir dali, nas Angel queria dar o gostinho das crianças para ir de Trem, aquilo era o mais legal para chegar a hogwarts. Ela então finalizava por enquanto aquela conversa.

Acho que não é hora disso Pandora, não adianta brigar comigo ou com sua mãe. Deve entender que existem coisas que melhor e guardar do que falar. - ela era meio seria e seu tom de voz frio. - Bom temos que ir. - Falou se levantando, pagou Madame Rosmenta e da Lareira do bar voltaram para o Resort. Os quatro não estavam mais ali.


Imagem
Imagem
[Contos D'Angelys] ["Chiaro di Luna"] [Vivere la vita]
Nyo... quero a minha cama..... -.-'', by mim...

Imagem

Eu, Angel, Declaro que tenho fetiches por Servos e uma suuuuper quedinha pelo João
0

#54 Membro offline   Sarkisof

  • Ícone
  • Gender:Male

Postou 16 julho 2009 - 01:49

Hogwarts com Scavo estava aparentemente melhor, os alunos pareciam terem se acostumado com a rabugenta, mas claro que sempre tinham alguns baderneiros fazendo coisas erradas no castelo, Alex, não queria muito papo com a diretora, retomou seu serviço com muito suor, e deixando o castelo todas as noites, ele parecia confiar em Scavo, por mais que ela fosse, uma cobra, ela era poderosa, e não permitiria que nada de mal acontecesse aos alunos dentro do castelo
.
Claro que a Ambição do Professor de Vôo não havia acabado, e isso era um ponto que ele herdou por ser um sonserino, saber que o poder é dele por direito, e não poder se empossar daquilo o deixava furioso. Alex, na certa tinha algo para ser feito fora do castelo em suas saídas noturnas e naquele dia não era diferente. Ao ver que Therm estava distraída comendo um delicioso alpiste que o mesmo colocou a mais para a Coruja saborear, e não perceber sua saída. Alex usou sua varia e se transformou em uma coruja, ele era um Animago clandestino, mas a coruja que ele se transformar era linda, penas pretas, e Bico totalmente branco, com o “S” da família Sarkisoff em seu olhos, ele partiu para hogsmeade, ele saiu de sua sala pela Janela sem que ninguém o pudesse ver, já era tarde da noite em Hogwarts, e se houvesse alguém lá que o pudesse reconhecer de coruja, seria Apenas Dayana Freigth. Mas a mesma estava muito ocupada, em suas atividades no Ministério italiano da magia.

As virtudes de um bruxo cujo a inocência foi julgada, são muitas por isso Alex não desistiu nem se quer um minuto de ir atras dela. Mesmo sabendo que isso seria uma das coisas mais difíceis, de sua vida. E essas saídas, eram para tentar juntar, achar, colher qualquer informação que levasse a morte de Gabriel Mclight falecido Diretor de Hogwarts.

Ao chegar em Hogsmeade logo voltou a se transformar, dessa vez era um Homem cujo aparência era impecável, suas vestes sempre bem apresentáveis, terno de linha italiana azul escuro, e uma camisa, branca, com uma gravata sem chamar muita atenção.

Entrou em uma das poucas lojas que estavam abertas, sentou em uma das mesas onde havia uma pessoa com uma capa encobrindo a cabeça, e um copo de cerveja amanteigada. Alex pediu mais uma rodada para a pessoa e uma para ele.

Sabia que não iria perder essas oportunidade.
Você sabe que tem tudo a ganhar passando para o nosso lado não é mesmo?
O que você pode fazer será muito positivo para Jason, se quer vê-lo longe de Seth. O melhor lugar para ele agora é Azkaban. E você tem que me ajudar.
Caso contrario ele irá morrer nessa missão.
Sabe do que estou falando não é mesmo? Alex, sabia exatamente o que estava fazendo persuadir uma pessoa, para entregar Jason.


A pessoa ainda estava digamos com medo, não mostrava o rosto, estava escondendo por de trás do capuz da capa.

Diga alguma coisa criatura, disse Alex fazendo um movimento sutil com sua varinha fazendo a Moça se revelar.

Era Elizabeth Tovits, uma Sith, que trabalha dito com Jason, era com se fosse uma acessora, para o Sith. Mas o que estaria fazendo a moça lá. Alex sabia, ela esta com medo, pois amava Jason, tinha medo de que ele não voltasse de alguma Missão e depois que Alex, a procurou, dizendo que podia ajudar Jason, ela decidiu ajuda-lo.

E então Srta. Tovits, o que me diz, está pronta para executarmos o plano? Está pronta para mandarmos Jason para Azkaban para que ele possa estar em segurança fora do alcance de Seth?

Alex olhou por cima do copo de cerveja amanteigada, que estava em sua boca para a moça a sua frente.
Imagem

Sou o que sou porque vivo da minha maneira...Você procurando respostas olhando pro espaço,
e eu tão ocupado vivendo... Eu não me pergunto, Eu faço!
0

#55 Membro offline   Elizabeth

  • Ícone
  • Gender:Male

Postou 16 julho 2009 - 01:51

Era uma noite quente em Hogsmeade, e Liza, estava lá por mais de uma semana, estava escondida, a mando do Professor Sarkisoff, ninguém sabia quem era a moça, pois ela era uma seguidora de Seth. E quanto menos soubessem do que o Professor Sarkisoff queria com ela, era melhor.

O horário de encontro com Sarkisoff se aproximava, ela estava com medo pois sabia que esse seria o ultimo encontro dos dois, antes de começarem a colocar o plano deles em pratica. Colocar o amado Jason Sarkisoff em Azkaban, para assim protege-lo de Seth.

Ao passar do tempo ela foi até uma loja que era pouco movimentada e uma das poucas ainda aberta, sentou em uma das mesas e pediu um copo de cerveja amanteigada, com sua capa e um capuz cobrindo o rosto, seria muito difícil perceber que ela era uma Sith disfarçada. Sentada na mesa bebia calmamente sua cerveja a espera do Professor Sarkisoff.

A chegada de Sarkisoff, foi bem notada pela moça, não precisou nem ao menos acenar para o homem pois ele pareceu prever que era a moça sentada sozinha naquela mesa.

Também porque haviam poucas pessoas naquele bar, e com toda a certeza Sarkisoff os conheciam, essa era uma das poucas possibilidades que vinham a mente dela.

Ao ver que Sarkisoff ao se sentar, pediu uma rodada de cerveja amanteigada para os dois, ficou perplexa que o homem preferia beber ao invés de começar
logo com as perguntas.

Ela ouviu tudo o que o professor tinha proposto, isso já tinha sido discutido, e ela não abriu a boca para falar, nada, ao ver que ele estava se alterando viu ele mesmo retirar a varinha e como um vento retirar o capuz que encobria sua cabeça.

Pois bem Sarkisoff, como já havia lha dito, irei concordar com isso, levarei Jason, até a mansão onde nos encontramos pela primeira vez. Sei todo o plano Sarkisoff, sei que isso está chegando e que será hoje, então com sua licença preciso procurar por Jason.

Liza, levantou deu um longo gole em sua cerveja e desapareceu do bar com o piscar de olhos.
Imagem
0

#56 Membro offline   Raquel McPother

  • Raquel McPother Yolk D' England
  • Ícone
  • Gender:Female
  • Location:Brasil
  • Interests:Amigos
  • 3998
  • Cargo:2º ano, Grifinória

Postou 02 junho 2010 - 06:37

Raquel tinha tido uma folga para passear em Hogsmeade, para esfriar a cabeça de tantas tarefas e provas complicadas. Achava Hogsmeade um lugar muito bom para passear e se divertir. Decidiu ir ao 3 Vassouras tomar uma cerveja amanteigada, afinal, quem não gosta de cerveja amanteigada?

Entrou e pediu a sua. Enquanto esperava, pegou o livro que estava lendo. Era sobre um bruxo famoso que desapareceu do nada em um show, enquanto dançava e nunca mais foi visto. Estava, sempre que tinha tempo livre, tentando descobrir o porquê, mesmo sabendo que seria muito difícil conseguir.

Quando a cerveja amanteigada chegou, se assustou, pois estava concentrada. Pagou e bebeu. Reparou que logo iria chover, então guardou o livro e foi para a escola.
Raquel McPother Yolk D' England Imagem
0

  • (3 Páginas)
  • +
  • 1
  • 2
  • 3
  • Novo tópico
  • Responder

2 usuário(s) está(ão) lendo este tópico
0 membro(s), 2 visitante(s) e 0 membros anônimo(s)